2010-10-28

honest

posso ser sincero ?
posso ?
ok .
vamos lá .

odeio tudo .
yap, não gosto de muita coisa e não percebo metade do que se passa ou o seu significado .
sou um bocado disléxico mas será por causa disso ?
será isso o maior culpado da minha estupidez ?
mas enfim . seguindo ...
não tenho sorte no amor,
na escola, não me apetece perceber nada .
na vida, nem sei o que se passa em concreto mas eu deixo andar .
num mundo negativo e num mundo de crise como estamos, eu sou positivo demais .
há quem ache que tenho problemas mentais ou simplesmente andei a fumar erva .
devo ter mas olha a minha cara de importado com essa merda .
há gente pior do que eu que andam aí a matar e isso .
e não me venham culpar de ser estúpido e isso .

acho que não tenho inimigos mas se também tiver,
eles que me digam os meus defeitos ou quê que eu tenho resolver as coisas .
agora pensando melhor ... será que alguém gosta de mim ?
mas mudando novamente de assunto .

eu sou muito caseirinho .
não gosto de gente com a mania e que os pais vão sustentar a vidinha toda .
isso irrita-me profundamente .
tiram más notas, reprovam, faltam, fazem merda e mais merda e os pais dão-lhes coisas novas como se fosse prendas de Natal ou de Aniversário mesmo sendo um dia normalíssimo .
as coisas não devem ser dadas senão há gente com 50 anos, casados a serem AINDA sustentados pelos pais .
desde pequeno, tentei tornar-me o mais independente possível, enfrentar esse mundo em que vivemos com esperança de ganhar alguma coisa .
por acaso, tive sorte e ganhei experiência de trabalho e novas amizades.

sou chato, não sou ?
deve ser por isso que não tenho sorte no amor .
já tive mas acabou por se esgotar e agora como o Super Mário, tenho de ultrapassar problemas, vencer inimigos para puder salvar a minha princesa e vivermos felizes para sempre .
para sempre ? nããã .. é muito tempo .
ok, salvar talvez não .. mas encontrá-la e viver novamente uma vida diferente.
mas já vi que até encontrá-la tenho de sofrer mais um bocado e mais um bocado e mais um bocado ... e por aí fora .
tento ouvir reggae, arctic monkeys, basicamente música para "relaxar" e para fugir um bocado .
mas a minha escapadela perfeita é a fazer skimboard mas infelizmente, não tenho prancha de jeito .
mas mal tenha, vou fazer disso um vicio maior que a natação .
skimboard é o que verdadeiramente põe-me noutro estado , deixa a minha mente alternativa tomar conta do meu corpo por alguns instantes . é simplesmente divinal .

para terminar este "testamento",
o grande Raul Solnado disse "Façam o Favor de serem Felizes".
concordo com a afirmação e quero que acima de tudo, sejam felizes .
quero transmitir este positivismo a mais que tenho para todos os meus verdadeiros amigos .
desde que estejam bem, eu também fico bem .

vou terminar então este breve desabafo
soube-me bem mas não tenho vontade de tar sempre colado no blog.
venho quando me lembrar e desabafo aos pouquinhos.

meus leitores e amigos,
fiquem bem, sejam felizes, peace .

6 comentários:

Rita Gomes disse...

já te disse por mensagem... está lindo Lessinha. <3

M. disse...

Gostei da sinceridade, eheh. Vou seguir.

Anônimo disse...

Fantástico (:

Anônimo disse...

Fantastico (:

Anônimo disse...

gostei muito !

Carla M. Pinheiro disse...

Gostei muito (: